Você está aqui: Página Inicial / Noticías / A importância do pré-natal para uma gravidez segura

A importância do pré-natal para uma gravidez segura

Para assegurar uma gestação saudável, tanto para o filho como para a gestante, toda a mulher durante o período pré-gestação e gestação deve fazer o pré-natal, a fim de ter uma gravidez e um parto seguro.

Quanto mais cedo a gestante procurar um serviço de saúde, melhores são as chances do filho nascer saudável e melhores são os cuidados com a sua saúde. Para tanto, é uma orientação cada vez mais relevante, que o casal ao planejar ter um filho, procure o médico antes da gestação, para que os exames laboratoriais de pré-natal possam ser realizados, para que se houver alguma alteração que requeira tratamento ele possa ser feito.

Também há a indicação do uso do ácido fólico durante o período entre os dois meses antes até o terceiro mês completo de gestação. O uso do ácido fólico está relacionado com a proteção na formação do sistema nervoso central do feto.

Outra importância da consulta prévia da gestação é na orientação quanto aos hábitos de alimentação, ao não uso de fumo e álcool e outras drogas como: medicamentos, exposição a irradiação e agrotóxicos.

Toda a atenção dispensada pelo médico durante o pré-natal protege a gestante e seu filho, diminuindo as complicações que podem surgir no decorrer de sua gravidez. É muito importante que se realize uma consulta mensal durante todo o período gestacional e que sejam realizados os exames indicados pelo médico obstetra, como: exames laboratoriais, ecografia e outros exames particularizados para cada gestante, conforme evolução da gestação.

O bom acompanhamento do médico obstetra e principalmente a busca da gestante por este serviço poderá prevenir ou minimizar muitos problemas decorrentes da gestação, tanto para a gestante quanto para o feto. Cabe ao médico identificar e abordar esses problemas durante a gestação, tais como: hipertensão arterial na gravidez, diabete gestacional, trabalho de parto prematuro e sangramento no final da gestação.

O médico obstetra é o melhor profissional para acompanhar essa etapa da vida da mulher, orientando e esclarecendo dúvidas.